foto divulgação Sesc To

Com o advento da pandemia causada pelo Covid-19 o mundo parou. E a Cia. Cenaberta abriu o ano de 2020 com a estreia da comédia “Drácula – a ética cósmica” uma montagem que não contou com algum patrocínio e foi um sucesso de público e crítica, mas não podia prever que seria o único espetáculo a ser exibido no principal teatro do Estado do Tocantins, Theatro Fernanda Montenegro, nesse ano. Logo veio a premente necessidade da Companhia de se reinventar, encontrar uma forma de se aproximar do público, das pessoas, de se expressar. E, graças ao universo online, à tecnologia, é que nasceu o “Programa Cena Protagonista” , produzido e apresentado pela atriz Bell Gama, com a supervisão do ator e diretor Kaká Nogueira, e colaboração de Bruno Barbosa e Fernanda Barbosa, filhos dos atores. Cena Protagonista nasceu de outro Projeto, também encabeçado pela atriz Bell Gama, chamado de cena Poética, que, logo no início da pandemia, levou ao ar, todas as quintas-feiras, poesias declamadas pelos integrantes da companhia, Thiago Omena e Juliano Gomes, e por amigos. O programa de entrevistas, assim, veio como consequência, pela necessidade de saber mais sobre os autores, suas obras e vida, e, a partir daí, outros protagonistas da nossa sociedade emergiram e o programa cresceu. A primeira entrevista foi com a professora Glória Azevedo, em 18 de junho de 2020, com foco nas escritoras contemporâneas, mulheres e negras, fazendo uma leitura entre política, resistência, racismo, violência. Com o excelente engajamento e prontidão dos entrevistados, Cena Protagonista ocupou as quartas-feiras, às 21h, pelo instagram da Cenaberta – @cenaberta.teatro. Encerrou-se o ano de 2020 com 30 entrevistas, com o prêmio Cultura Sesc On, onde realizou uma entrevista especial com os literatos Tião Pinheiro e Odir Rocha. O Projeto também foi contemplado pelo “Prêmio Palmas Aldir Blanc, Fundação Cultural de Palmas, Prefeitura Municipal de Palmas, com apoio do Governo Federal – Ministério do Turismo – Secretaria Especial da Cultura, Fundo Nacional de Cultura”, onde, com esse patrocínio, fará mais 10 entrevistas, no primeiro semestre de 2021, com relevantes nomes da nossa cultura.

ascom cenaberta

Deixe uma resposta